sábado, 10 de outubro de 2009

Reflexão



Finalmente, depois de toda a algazarra, confusões, golpes e outras artimanhas e jogadas mais ou menos lícitas (muitas pouco lícitas), impõe-se o dia chamado de "reflexão" para que, em consciência, se vote no melhor candidato ou, pelo menos, no mais conveniente.

Dada a minha recente entrada nesta coisa de me interessar por política, apesar de não ter qualquer dúvida em quem vou votar, achei por bem imbuir-me no espírito da coisa e reflectir. Café na mesa, torradinha a sair e com a manteiga da praxe e vai daí, toca a reflectir. Estava eu em pleno processo reflectivo quando recebo um sms, esperava eu de algum amigo ou amiga e qual não é o meu espanto quando verifico que o sms era de alguém por parte daquele cujo nome não pode ser pronunciado, a oferecer boleia à malta que não tivesse transporte para ir votar no pseudo-independente mor...

Ora bem, não falando da ilegalidade que a coisa representa e referindo apenas a jogada desesperada de aproveitar todos os votos (esperemos não haver defuntos a votar), esta tropa anda a querer desconcentrar a reflexão dos eleitores??? A minha estragaram de certeza, até porque fiquei tão estupefacto pela situação que o café perdeu o aroma e a torrada arrefeceu... sacanas, tudo menos estragar-me o café e as torradas... grandes sacanas!!!

Concerteza amanhã o chazinho vai ser dado... com a cruz no lugar certo: "a mãozinha".

Sem comentários:

Enviar um comentário